Como termina o livro a ladeira da saudade?

Ela termina o namoro com um rapaz bem sucedido para desespero de sua mãe, elas se desentendem e ela vai passar uns dias na casa de uma tia em Ouro Preto para refrescar a cabeça.

Porque o título a ladeira da saudade?

“A Ladeira da Saudade” é o nome dado pelos pais de Dirceu para a ladeira onde eles se conheceram, onde fica também a casa dele. O nome é relacionado ao tempo que eles namoravam e eram jovens sonhadores.

Qual é o foco narrativo do livro a ladeira da saudade?

‘Ladeira da saudade’ narra a história do namoro de dois adolescentes, Lilian e Dirceu, que nasce embalado pelo clima romântico da história de outros namorados, “Marília e Dirceu”, nomes pelos quais ficaram conhecidos Dorotéia e o poeta Tomás Antonio Gonzaga.

Quem narra o livro a ladeira da saudade?

Ganymédes José
A Ladeira da Saudade, é um romance escrito por Ganymédes José, publicado em 1983. O livro relata o amor de uma adolescente do século XX, em Ouro Preto, no Brasil. Ao decorrer do livro, cita-se uma obra, “Marília de Dirceu”, do árcade Tomás Antônio Gonzaga.

Quantas páginas tem o livro a ladeira da saudade?

141 páginas
Apresenta apenas marcas simples de manuseio, nada que interfira a leitura. 141 páginas.

Qual é a editora do livro a ladeira da saudade?

A ladeira da saudade | PNLD – Moderna.

Qual a ligação entre o poeta Tomás Antonio Gonzaga e o livro a ladeira da saudade?

Relacione o título da obra, Ladeira da Saudade, ao texto da quarta capa. A “ladeira” remete à topografia da cidade de Ouro Preto e “saudade” refere-se ao passado que pul- sa na cidade, não só no cenário barroco, mas também nas histórias de amor.

Que fato marcante da história brasileira é mencionado na obra a ladeira da saudade?

O livro fala sobre o amor de uma adolescente do século XX, em Ouro Preto, no Brasil, e sobre os preconceitos raciais. Em ‘Ladeira da saudade’, o despertar de um amor verdadeiro no coração de uma adolescente que revive, no século 20, em Ouro Preto, um amor atormentado do Brasil do século 18.

Quem era Dirceu no livro Ladeira da saudade?

O romance relata um amor adolescente cheio de barreiras sociais e raciais entre Lília (Marília) e Dirceu, tendo como cenário a cidade de Ouro Preto (MG). Dorotéa foi imortalizada com o pseudônimo de Marília e Tomás Antônio Gonzaga com seu pseudônimo Dirceu.